Skip to content

O Fast do Fashion

03/09/2010

Eu queria fazer um post bacana nesta sexta-feira. Tinha salvo no final de semana várias imagens legais. Aí meu note caiu no chão segunda-feira e parou de funcionar. Ficou tudo lá. Ok, ainda tenho o Mac (aquele computador super cool, que eu apanho até dizer chega). Pensei em revisitar os temas que eu tinha achado legais e comecei a procurar novas imagens e salvar no Mac, pra fazer o post.

Salvei uma, salvei duas, salvei três… Percebi que várias pessoas já tinham falado desse mesmo assunto. Não vou colocar coisa que todo mundo já viu em sei lá quantos blogs de moda internet afora, certo? Afinal, não é mais novidade e pra que ser só mais um?

Outro tema: salvei uma, salvei duas, salvei três… Nossa, esse assunto também já foi bem explorado e acabei caindo no mesmo dilema.

Não desisti, procurei uma coisa que nem eu nunca tinha ouvido falar e adivinha? Nem preciso dizer o que aconteceu.

Fiquei preocupada no começo, afinal eu me acho (de certa forma) ligada nas novidades, me senti passada pra trás e sem objetivo. Depressed.

Comecei a pensar nas conversas das blogueiras que ficam tirando sarro desse monte de blog de  moda que faz tudo mais do mesmo, que ninguém tem criatividade e não se faz nada de novo.  Que é tudo um belo ctrl+c e ctrl+v . Certo. Também acho feio a cópia deslavada, igual um blog  que copiou até  as mesmas palavras de uma notícia que saiu no UseFashion. Não, não. Nunca  pensei em fazer isso, mesmo porque nem sei o atalho de teclado pro Mac copiar e colar.

Mas, espere um pouco. Eu sou ligada sim nas coisas que acontecem, nos produtos bacanas que  são lançados, conheço as tendências… O que me faz pensar que eu não estou atrasada, é a  internet que é rápida demais, porque a moda está rápida demais.

Aí, vem alguém me perguntar se eu não entendo de fast fashion. Senta lá Cláudia, tô falando de  outra coisa aqui. Não é desses produtos de acabamento péssimo que não duram nem uma  estação. Tô falando que as coisas acontecem e somem muito rápido e pra você falar de alguma  coisa que é novidade com exclusividade você precisa de tempo, disposição, dinheiro e muita  sorte.

Os cool hunters trabalham na velocidade da luz e lançam todo tipo de tendência em tempo récorde desde as tachinhas da sua ankle boot até máquinas que exalam odores agradáveis.

Você lembra quando a moda era usar o esmalte Jade? Ou quando a Big Universo virou hit das que queriam copiar a Chanel? Vi na revista que laços e looks ladylike vão ser tendência no verão, mas já não eram?

Cheguei a conclusão que o ritmo do processo de adoção de moda está frenético e em aceleração(lembra das aulas de física?). Já existe até Clog de marcas voltadas para o público C, sendo que a moda ainda não pegou nem entre os públicos A e B.

O consumo está tão rápido, que absorve-se a moda sem compreendê-la, por  exemplo, os lenços palestinos. Absorveram que na Europa estavam usando e como  uma febre se espalhou, a ponto de ver os tais lenços sendo vendidos na 25 de  março á preços bem pequenos. Na verdade, o lenço era um movimento político.  Usavam o lenço para demonstrar simpatia á causa palestina e colocando-se contra a  causa Israelense. Você sabia disso?

Não acho que as pessoas têm que digerir todo o universo das mega tendências e estudar antes de se vestir, mas, estão engolindo moda á seco, sem nem uma coca light pra ajudar a descer, tudo pra não ficar ultrapassado. As pessoas viram fashion victms sem querer. Pense nisso.

P.S.: Enquanto este post era escrito as idéias na minha cabeça mudaram várias vezes de lugar. Outra coisa que mudou de lugar foi o Mac, que por motivos práticos agora está bem longe de mim do outro lado da sala. Deixei de ser cool, mas domino o teclado!

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. 03/09/2010 22:55

    Comand+C = copia
    Comand +V=cola
    Comand+shift+3=print screen
    Não desiste do mac não, quanto às tendências da moda, muitas vezes elas me envolvem pelo enfoque de quem está passando a tendência, muitas vezes por identificação pessoal minha mesmo. Mas sempre tem aqueles que conseguem “vender” o assunto tão bem que vira hit!!! O cabelo super high da Amy Winehouse pegou, quem diria? Acho que o diferencial hoje em dia não é tanto a rapidez ,mas sim a exposição do conteúdo! Adorei a explicação do lenço!

  2. Natália permalink
    04/09/2010 19:55

    Lili, que post legal! Gostei mto de ler algo diferente sobre moda, que acaba sendo um maneira de expressão politica, de revolução, de mudança.. Enfim, como vc mesma falou a vida (e junto com ela as coisas) andam na correria do dia-a-dia e mal sobra tempo pra filosofar sobre o porque disso tudo… Moda tb é reflexão e cultura! Continue assim!

  3. Paula permalink
    29/12/2010 11:47

    Nossa tudo a ver o q vc falou!!!
    Acho que a moda é algo fútil por natureza, mas podemos saber usá-la sem cair nesse estigma.
    O lenço palestino fo uma ótima iniciativa, só que foi totalmente prostituído. Acho que EU tenho que estudar o que eu vou usar SIM.
    Acho ridículo essas blogueiras do BR todas trabalhadas na tendência, todas iguais e todas sem personalidade.
    O que tenho procurado, é desenvolver meu estilo, investir em peças clássicas, de bom material e bom corte.
    Modismos jamais, o que conta definitivasmente é atitude, estilo, personalidade.
    E principalmente gente : simplicidade! Ser chic é ser simples e educada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: